Criptomoedas em grande queda,Coincheck planeja expansão aos EUA

Criptomoedas em grande queda,Coincheck planeja expansão aos EUA

Criptomoedas em grande queda,Coincheck planeja expansão aos EUA

Criptomoedas estavam em queda nesta sexta-feira, com o bitcoin se aproximando da mínima de dois meses.

O bitcoin estava cotado a US$ 8.122,00, queda de 2,03% às 09h58 na corretora Bitfinex.

Outras moedas digitais estavam em baixa, com o ethereum, segunda maior criptomoeda em termos de capitalização de mercado, recuando 2,33% para US$ 681,53 na corretora Bitfinex. O ripple, terceira maior criptomoeda, caía 2,98% e era negociado a US$ 0,66897 enquanto o litecoin era negociado a US$ 132,64, queda de 4,01%.

A corretora de criptomoedas japonesa Coincheck está planejando se expandir para os EUA, de acordo com as notícias da Bloomberg.

O Coincheck foi o centro de um roubo de US$ 532 milhões em janeiro e foi posteriormente comprada pela empresa de serviços financeiros Monex em abril. Oki Matsumoto, diretor-geral Monex, disse que espera uma licença oficial do Japão no próximo mês, mas que já está procurando se expandire para os EUA e Europa.

“O Japão pode parecer estar um passo à frente em termos de criptomoedas, mas em termos de decidir o que é um valor mobiliário ou um token e atrair investidores institucionais, os EUA e a Europa estão avançando”, disse ele à Bloomberg.

Em notícias de regulamentação, o banco central da Líbia proibiu o uso de moedas virtuais e aqueles que o usam não poderão ser protegidos pela lei da Líbia.

Enquanto isso, a Suíça está analisando uma moeda digital garantida pelo Estado. O governo solicitou aos legisladores a realização de um estudo sobre o “e-franco” suíço. Embora a notícia seja promissora para os defensores da criptomoeda, o estudo ainda enfrenta obstáculos legislativos na câmara baixa do parlamento do país. No entanto, o país está aberto a moedas digitais, tendo sido um dos primeiros países a aprovar uma diretriz de oferta inicial de moedas (ICO).

Sugestões e Recomendações
rnicsonweb

Você deve estar logado para postar um comentário